Teores foliares de nutrientes em plantas de camucamuzeiro (<i>Myrciaria dubia</i> (H.B.K.) McVaugh) submetidas a adubações orgânica, mineral e foliar

Autores

  • Thana Esashika Universidade Federal do Amazonas, Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia
  • Luiz A. de Oliveira Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação
  • Francisco W. Moreira Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v6i3a820

Palavras-chave:

Fertilização foliar, frutífera nativa, região amazônica

Resumo

O objetivo neste estudo foi avaliar a resposta das plantas de camu-camu (Myrciaria dubia (H.B.K.) McVaugh) por meio dos teores foliares de macro (Ca, Mg, P, K e N) e micronutrientes (Fe, Mn e Zn), em um experimento conduzido na Comunidade do Brasileirinho, localizada na periferia do município de Manaus-AM. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, em esquema fatorial de parcela subdividida 3 x 10 (três épocas de coleta e dez tratamentos, com três repetições). Os tratamentos foram constituídos por adubação orgânica (1L de esterco de galinha), adubação mineral, combinação de adubação mineral e foliar e somente adubação foliar. A adubação orgânica resultou em maiores teores e Ca, Mg e K nas folhas dos camucamuzeiros e as plantas que receberam adubação foliar apresentaram os maiores teores de Fe, Zn e P.

Biografia do Autor

Francisco W. Moreira, Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-14

Edição

Seção

Agronomia