Análise da divergência genética através de caracteres morfológicos em cultivares de feijoeiro

Autores

  • Gabriela S. Kloster Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia
  • Marco A. A. Barelli Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia
  • Claudete R. Silva Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia
  • Leonarda G. Neves Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia
  • Severino de Paiva Sobrinho Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia
  • Petterson B. da Luz Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v6i3a1140

Palavras-chave:

Phaseolus vulgaris L., variáveis multicategóricas, mesoamericano, andino

Resumo

A divergência genética entre 22 cultivares de feijoeiro pertencentes ao ensaio de Valor de Cultivo e Uso da Embrapa e IAPAR foi avaliada com o emprego de descritores morfológicos em um experimento de campo conduzido em Cáceres-MT, na unidade experimental da EMPAER. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso com três repetições, e os dados obtidos foram submetidos à análise de dissimilaridade genética baseada em variáveis multicategóricas. Empregou-se a análise métodos de agrupamento hierárquico via UPGMA (Método de Agrupamento Médio Entre Grupos) e a projeção da distância no plano. O emprego de análise de variáveis multicategóricas demonstrou ser eficiente para separar as cultivares em grupos de acordo com os centros de origem mesoamericana e andina. As combinações envolvendo as cultivares BRS Timbó e CNFRx10531; BRS Esplendor e BRS Valente; BRS Grafite e BRS Campeiro se destacaram como as mais similares. As cultivares Iraí e BRS grafite foram as mais divergentes dentre as cultivares avaliadas, portanto, podem ser utilizadas como genitores para a obtenção de populações segregantes superiores em futuros programas de melhoramento genético.

Biografia do Autor

Petterson B. da Luz, Universidade do Estado de Mato Grosso, Departamento de Agronomia

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-14

Edição

Seção

Agronomia