Doses de nitrogênio em cobertura em duas cultivares de abobrinha no município de Aquidauana-MS

Autores

  • Lidiane V. da Silva Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana
  • Gabriel Q. Oliveira Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana
  • Matheus G. da Silva Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana
  • Pedro L. Nagel Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Unidade Universitária de Aquidauana
  • Mário M. V. Machado Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v6i3a1127

Palavras-chave:

Cucurbita moschata, cucurbitáceas, piramoita, uréia

Resumo

A abobrinha é cultivada na maioria das vezes por produtores rurais que dispõem de uma pequena área para o seu cultivo, sendo que a falta de conhecimento na utilização de cultivares mais promissoras e a sua demanda por nitrogênio limitam sua produtividade. O objetivo neste trabalho foi verificar as respostas dos componentes de produtividade das plantas de abobrinha, cv. Menina Brasileira e cv. Piramoita, à adubação nitrogenada em cobertura, em Aquidauana-MS. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 2x4, combinado com duas cultivares de abobrinhas (Menina Brasileira e Piramoita) e 4 (quatro) doses de nitrogênio em cobertura (0, 30, 60 e 90 kg de N ha-1) com três repetições. Foram determinadas as variáveis números de fruto por planta, massa média de fruto e de fruto por planta. Utilizou-se o teste de comparação de médias Tukey a 5% de probabilidade para as cultivares, e a análise de regressão para as doses de nitrogênio. Concluiu-se que as doses de nitrogênio influenciam significativamente no número de frutos por planta e na massa de frutos por planta de ambas as cultivares de abobrinha. Com as doses testadas, não é possível encontrar o número e a massa máxima de frutos por planta.

Biografia do Autor

Mário M. V. Machado, Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-14

Edição

Seção

Agronomia