Alometria dos cortes da carcaça de cordeiros alimentados com silagem de capim-elefante com casca de maracujá desidratada

Autores

  • Fabiano M. Pereira Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia, Campus Salinas
  • Cristiane L. dos Santos-Cruz Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Departamento de Tecnologia Rural e Animal
  • Christian A. C. da Cruz Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia – IFBaiano, Campus de Itapetinga
  • Thiago R. Lima Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Departamento de Tecnologia Rural e Animal
  • Braulio C. C. da Cruz Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Departamento de Tecnologia Rural e Animal
  • Rodrigo S. Junqueira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Departamento de Tecnologia Rural e Animal

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v6i3a1077

Palavras-chave:

Crescimento, subproduto, Santa Inês

Resumo

Avaliou-se o crescimento alométrico dos cortes da carcaça de 16 cordeiros Santa Inês, machos, não castrados, alimentados com silagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) com diferentes proporções de casca de maracujá (Passiflora edulis Sims f. flavicarpa) desidratada, 0, 10, 20 e 30%. Os animais foram confinados por 60 dias e abatidos após 16 horas de jejum de sólidos. O peso vivo final, peso da meia carcaça, ganho de peso em kg, ganho médio diário, consumo de matéria seca e conversão alimentar, apresentaram aumento proporcional aos níveis de adição de casca de maracujá desidratada, com efeito positivo na silagem de capim-elefante. O pescoço e o braço anterior dos cordeiros alimentados com silagem contendo 30% de casca de maracujá desidratada apresentaram valores médios significativos de 1,038 g e 0,365 g, respectivamente. A paleta, perna, lombo, costela/fralda, costeleta, braço anterior e posterior apresentaram um crescimento isogônico, e o pescoço, heterogônico negativo. A casca de maracujá desidratada pode ser utilizada em até 30% nas silagens de capim-elefante sem comprometer o desenvolvimento relativo dos cortes da carcaça de cordeiros Santa Inês. 

Biografia do Autor

Rodrigo S. Junqueira, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Departamento de Tecnologia Rural e Animal

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-14

Edição

Seção

Zootecnia