Substratos na produção de mudas de três espécies arbóreas do cerrado

Autores

  • Severino Paiva Sobrinho Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Petterson B. da Luz Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Thammy L.S. Silveira Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Denis T. Ramos Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Leonarda G. Neves Universidade do Estado do Mato Grosso
  • Marco A.A. Barelli Universidade do Estado do Mato Grosso

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v5i2a741

Palavras-chave:

espécies frutíferas, esterco bovino, casca de arroz

Resumo

Um dos fatores importantes na produção de mudas é o uso de substratos que proporcionem o seu rápido desenvolvimento. O presente estudo teve como objetivo avaliar a influência de diferentes substratos na produção de mudas de mangabeira (Hancornia speciosa Gomes), cumbarueiro (Dipteryx alata Vog.) e cagaiteira (Eugenia dysenterica DC). Os substratos avaliados foram: solo, solo + esterco bovino curtido, solo + casca de arroz carbonizada, solo + esterco bovino curtido + casca de arroz carbonizada. As variáveis avaliadas foram: altura da planta, diâmetro do caule, massa fresca e seca da parte aérea e do sistema radicular. Para as três espécies utilizadas, o melhor crescimento das mudas é obtido quando se utiliza apenas o solo como substrato.

Biografia do Autor

Marco A.A. Barelli, Universidade do Estado do Mato Grosso

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-16

Edição

Seção

Ciências Florestais