Efeitos de óleos essenciais na germinação de sementes de <i>Cereus jamacaru</i>

Autores

  • Noelma M. de Brito Universidade Federal da Paraíba
  • Luciana C. Nascimento Universidade Federal da Paraíba
  • Maria do S. E. Coelho Universidade Federal da Paraíba
  • Leonardo P. Félix Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v5i2a702

Palavras-chave:

Mandacaru, Cinnamomum zeylanicum Breyn., Ocimum minimum L., qualidade fisiológica de sementes

Resumo

O presente trabalho teve como objetivo verificar os efeitos de óleos de canela e manjericão na germinação e vigor de sementes C. jamacaru. Amostras de 200 sementes foram submetidas a tratamentos com quatro concentrações dos óleos de canela e manjericão (0,0; 0,5; 1,0 e 2,0%), distribuídas em papel germitest com quatro repetições por tratamento, levadas para câmara de germinação a 25°C e fotoperíodo de oito horas por um período de cinco dias. Determinou-se a porcentagem de germinação, primeira contagem, índice de velocidade de germinação, comprimento e massa seca das plântulas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com quatro repetições de 50 sementes. A germinação máxima e índice de velocidade de germinação de sementes de mandacaru foram obtidos quando as sementes de mandacaru foram submetidas ao tratamento com óleo de canela na concentração de 0,5%, enquanto ocorreu redução na germinação a medida que em que se aumentou a concentração do óleo de manjericão. A concentração de 0,5% do óleo de canela proporcionou o maior comprimento das plântulas e, maior massa seca foi obtida na concentração de 0,5% para os dois óleos. Conclui-se que os óleos de canela e manjericão nas concentrações testadas aumentaram o índice de germinação e vigor de sementes de mandacaru.

Biografia do Autor

Leonardo P. Félix, Universidade Federal da Paraíba

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-16

Edição

Seção

Agronomia