Desenvolvimento da mamoneira com diferentes níveis de calagem em um Latossolo Vermelho-Amarelo compactado

Autores

  • Antônio H. C. do Nascimento Universidade Federal do Ceará
  • Ananias P. de Queiroz Universidade Federal de Tocantins
  • Saulo de O. Lima Universidade Federal de Tocantins
  • Clayton M. de Carvalho Instituto Centro de Ensino Tecnológico
  • Hernandes de O. Feitosa Universidade Federal do Ceará
  • Aline L. de Oliveira Universidade Federal do Ceará

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v5i2a489

Palavras-chave:

Ricinus communis L., produtividade, manejo de solos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o desenvolvimento da mamoneira em um Latossolo Vermelho-Amarelo com diferentes doses de calcário. O experimento foi instalado no Campus Universitário de Gurupi da Universidade Federal do Tocantins. O experimento se constituiu de 20 parcelas de 12 m²  (4x3m). Os tratamentos se constituíram de cinco níveis de calagem (para elevação da saturação por bases do solo a 50, 60, 70 e 80%) mais a testemunha (sem calagem) e três profundidades, com um delineamento experimental em blocos casualizados. A área foi preparada com antecedência (período seco) para eliminação de plantas daninhas, e a incorporação do calcário foi realizada manualmente nas parcelas, no início de dezembro de 2005. A cultivar utilizada foi a Savana, sendo avaliados: diâmetro do caule, peso de cem sementes com casca, peso de cem sementes sem casca, produtividade, número de cachos por planta, número de frutos por cacho e comprimento do cacho. Em relação ao solo, foi avaliada a densidade do solo e a resistência à penetração. Os tratamentos com 80% e 70% foram superiores aos demais, proporcionando um maior número de cachos por planta. Concluiu-se que a mamoneira apresentou capacidade de penetração, sendo a maior produtividade observada ao nível de calagem de 80%. A densidade do solo não apresentou diferenças entre as profundidades consideradas e nem com os diferentes níveis de aplicação de calcário.

Biografia do Autor

Saulo de O. Lima, Universidade Federal de Tocantins

 

 

Clayton M. de Carvalho, Instituto Centro de Ensino Tecnológico

 

 

Aline L. de Oliveira, Universidade Federal do Ceará

 

 

 

Downloads

Publicado

2022-03-16

Edição

Seção

Agronomia