Caracterização e classificação de solos no Bioma amazônico no oeste do estado do Pará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5039/agraria.v16i1a8458

Palavras-chave:

Amazônia, antrópico, pedologia

Resumo

O Bioma Amazônico apesar da sua grande diversidade de solos ainda apresenta carência de estudos pedológicos, que contribuam para o Sistema Brasileiro de Classificação de Solo. A partir do exposto, o objetivo desse estudo foi caracterizar e classificar os solos de uma área no oeste do estado do Pará. Foram descritos e coletados seis perfis de solo, sendo esses caracterizados física e quimicamente e classificados segundo o Sistema Brasileiro de Classificação do Solo. Verificou-se solos com influência antrópica com horizontes superficiais espessos, com elevados teores de carbono orgânico, Ca2+, Mg2+ e P, diferindo do padrão observado para solos não antropizados. Nos solos estudados foi observada uma grande variabilidade da textura decorrente da natureza do material de origem. Nos Gleissolos localizados na área de várzea verificou-se um elevado grau de intemperização, com argilas de baixa atividade e baixa saturação por bases. Devido a observação de horizonte diagnóstico superficial A antrópico em perfis de Cambissolos Háplicos e Húmicos, sugere-se a criação do subgrupo “antrópicos” para essas classes de solos no Sistema Brasileiro de Classificação de Solos.

Downloads

Publicado

2021-03-31

Edição

Seção

Agronomia